Diet, Light, sem Açúcar

21 Oct 2015

 

Estes palavras são modas. Pode achar nas muitas matérias de publicidades,  nos rótulos dos alimentos, etc.

Mas pouca gente conhece de verdade o que significa isso e o que haver por trás disso.

 

O uso da palavra Diet, Light no alimento é regulamentado pela ANVISA, e por isso não pode colocar estas palavras na embalagem sem critério.

 

O Diet, segundo ANVISA “Os alimentos para fins especiais são aqueles especialmente formulados ou processados, nos quais se realizam modificações no conteúdo de nutriente a fim de atender às necessidades nutricionais de pessoas em condições metabólicas e fisiológicas específicas, como por exemplo, diabéticos e hipertensos.”

 

Ou seja não há relação direto com o emagrecimento ou a manutenção da saúde.

Quem consome este tipo de produto precisa saber qual é o objetivo, se não paga caro e normalmente o produto é menos gostoso, acaba sendo apenas consumir a imagem do produto.

 

O Light, segundo ANVISA “O termo light é um tipo de INC, e é sinônimo de “reduzido”. Assim, para ele ser usado no rótulo de algum alimento, sua composição deve atender aos requisitos estabelecidos na Resolução RDC n. 54/2012 para uso da Informação Nutricional Complementar (INC) comparativa “reduzido” em determinado nutriente.”

 

A redução precisa ser no mínimo 25%. E precisa informar qual nutriente é reduzido tais como açúcar, caloria, sódio etc.

 

Então o produto light parece ser mais saudável não é?

 

Pare!! Não é tão simples assim. Por traz da redução de uma coisa, sempre tem acréscimo ou substituição de ingrediente. Se não, vai ter o desequilibro do sabor ou a redução da validade.

Por exemplo, caso da geleia, vou reduzir o açúcar. A doçura cai,  então acrescentar o adoçante.

O açúcar na verdade além de dar o sabor doce, ele é conservante. Se reduzir tanto o açúcar precisa acrescentar o conservante também. Se não o processo da fabricação fica crítica. A esterilização normal é insuficiente para garantir a segurança do alimento. Também tem haver a validade pós aberto. Caso não acrescentar o conservante, mesmo colocando na geladeira, a deterioração é rápida. Por isso além do adoçante, muitas vezes precisa acrescentar o conservante no produto light e Diet.  Fique atento no rótulo.

 

O adoçante e o conservante são mais saudáveis do que açúcar?

Reduziu açúcar mas não aumentou gordura ou sódio?

E a caloria?  Reduziu significativamente?

 

Este é o ponto que você precisa avariar.

 

-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-

 

Um pouco sobre a nossa geléia.

O Brix (Sólidos solúveis) ou pode dizer em modo bruto "a doçura" da nossa geleia é 55%.  Este valor é relativamente baixo no padrão brasileiro.  Ou seja menos doce.  Mas realça o sabor da fruta se usar a materia prima boa.  E a doçura que não perde a característica de "Conserva".  Ou seja não precisa acrescentar o conservante.

Resumindo, um produto equilibrado.

 

Nós não fabricamos Light, Diet.

Por razão de não conseguir achar o fornecedor de matéria prima que vende pequena quantidade.

Mas não só por causa disso,  será que o produto ajuda o cliente de verdade?

Tags:

Please reload

Postes em Destaque

Os secos todos são iguais?

2 Apr 2015

1/1
Please reload

Último Poste

Reta final da colheita

22 Jun 2020

1/5
Please reload

Postes Resentes

9 Feb 2019

3 Feb 2019

Please reload